Convênios

Lista de convênios firmados pela a entidade.

Andamento: 847708 -

Mais informações

Tipo do convênio: Andamento

Número do convênio: 847708

Publicação

Data da publicação: 26/10/2017

Data da celebração: 18/10/2017

Vigência: 30/09/2020

Valores

Conta bancaria: 0066471520

Contrapartida: 293,00

Transferência: 292.500,00

Pactuado: 292.793,00

Objeto

REVITALIZAÇÃO DA ÁREA DE ENTORNO DA ESTAÇÃO FERROVIÁRIA DO MUNICÍPIO DE IPU - CE.

Concedente

Concedente: MINISTERIO DO TURISMO

Responsável concedente: NEUSVALDO FERREIRA LIMA

Convenente

Convenente: MUNICIPIO DE IPU

Responsável convenente: CARLOS SERGIO RUFINO MOREIRA

Contratos

O município de Ipu localiza-se na microrregião de Ipu. Possui uma extensão territorial de 629,3 km² e altitude de 247 metros. O município está dividido político-administrativamente em quatro distritos, Sede, Abílio Martins, Flores e Várzea do Giló. A população do município é de 40.296 habitantes, sendo 25.581 residentes em zona urbana e 14.715 residentes em zona rural, de acordo com os dados do IBGE/2010. Encravado no sopé da Serra da Ibiapaba, o Município de Ipu fomenta o turismo no Estado do Ceará em vários aspectos. Dentre as festividades mais tradicionais se destacam os festejos de São Sebastião, as tradicionais Festas Juninas, as Festas Culturais que acontecem no Patronato Sousa Carvalho (que é um estabelecimento modelar de ensino, que impressiona a todos pela sua vastidão, um verdadeiro cartão de apresentação aos visitantes), os Festejos de São Francisco, entre outros. Tais eventos atraem grande quantidade de prestigiadores e, também movimentam o turismo e a economia local. O município tem como principal atração turística a Bica do Ipu, uma queda d'água do Riacho Ipuçaba de 130 metros de altura. Além da tão conhecida e admirada Bica do Ipu, citada no Romance de Iracema (de José de Alencar), Ipu oferece outros pontos de visitação que enchem, de muita cultura e curiosidade, os olhos dos turistas. São, entre outros: a Casa de Pedra (local onde segundo José de Alencar, Iracema repousava após as refeições; e devido a sua estrutura morfológica ainda se chama de a loca de pedra); Pedra Grande do Salgado (que tem uma curiosidade, o seu formato é de um quadrado, ao seu lado um córrego de água salgada, deixando transparecer em suas bordas uma cor branca de sabor também salgado); os Esfinges no Talhado (que Forma a Cordilheira da Ibiapaba com vários formatos, de Tinteiro, de Peixes, de Soldadinhos Enfileirados, e outros que merecem a nossa apreciação); o Gangão (que mesmo com o desaparecimento de sua enorme cachoeira ainda é um local aprazível e merecedor de nossa admiração); os seus deslumbrantes mangueirais (onde as águas em seu redor deixam um frescor de raríssima brandura e de bem estar a cada um); E ainda, o riacho São Francisco, as Cachoeiras do Urubu e do Engenho dos Belém e os Açudes São Bento e Bonito. Há também a Igrejinha, que com as suas seculares tribunas deixam na sua arquitetura a história dos Jesuítas que por aqui passaram; as Imagens dos Santos, espalhadas na cidade, inclusive de Nossa Senhora do Desterro, que são esculturas datadas do século XIX; o harmônio de fabricação Alemã, peça raríssima que enche os olhos de quem a visita de muito conhecimento; o Cruzeiro fincado na frente da igreja que é a representação da fé dos ipuenses, Além dos pontos citados, existe um de especial importância, a Estação Ferroviária, inaugurada em outubro de 1984. O Prédio da Estação Ferroviária foi construído sob influência da arquitetura Inglesa, e mesmo com o passar dos tempos ainda conserva as suas características, sendo a única Estação da Linha Norte que apresenta cobertura dos dois lados. Na Estação, assim conhecida pela maioria da população, funciona hoje a Biblioteca Municipal Profª. Maria da Conceição Guilherme Martins, com um acervo de mais de 8.000 livros. É um ponto visitado para o estudo da história de Ipu e até mesmo regional, recebendo a visita de historiadores, escolas (de Ipu e municípios de todo o Estado), e de outras pessoas que querem melhor conhecer esse ícone do passado, que, embora perpassado por trilhos, é ponte para o presente e o futuro. Além disso, como forma de valorizar ainda mais a Estação Ferroviária de Ipu, foi inaugurado em novembro de 2014, o Memorial da Música Maestro Lázaro Freire, um marco alusivo aos 130 anos da banda. A Estação utilizada para realização de eventos culturais, o que atrai um número considerável de turistas. O que também impulsiona o turismo são os visitantes, acadêmicos de Arquitetura, de todo o Estado, que visitam a estação a fim de aprofundar seus conhecimentos na escola arquitetônica que ela representa. É devido esse grande potencial turístico que a atual gestão vem se preocupando em desenvolver cada vez mais o setor, e uma das melhores maneiras de isto se concretizar é executando obras de infraestrutura que, por sua vez, permitam aos visitantes desfrutarem de espaços que possibilitem diversas formas de lazer e contribuam para um maior desenvolvimento turístico. Diante do exposto, a presente proposta tem por objetivo a REVITALIZAÇÃO DA ÁREA DE ENTORNO DA ESTAÇÃO FERROVIÁRIA (4 19 26.7 S 40 42 24.3 W) DO MUNICÍPIO DE IPU - CE. Diante do exposto e tendo em vista o objetivo do programa, é fundamental que a proposta, ora apresentada, seja aprovada, haja vista que irá permitir a expansão das atividades turísticas, adequação de infraestrutura e a melhoria da qualidade dos serviços oferecidos aos turistas e visitantes em geral.
   
   
Voltar    

Qual o seu nível de satisfação com essa informação?


Muito insatisfeito

Um pouco insatisfeito

Neutro

Um pouco satisfeito

Muito satisfeito