Convênios

Lista de convênios firmados pela a entidade.

Andamento: 855845 -

Mais informações

Tipo do convênio: Andamento

Número do convênio: 855845

Publicação

Data da publicação: 16/01/2018

Data da celebração: 29/12/2017

Vigência: 29/09/2020

Valores

Conta bancaria: 243736

Contrapartida: 0,00

Transferência: 500.000,00

Pactuado: 500.000,00

Objeto

IMPLANTAÇÃO DE MELHORIAS HABITACIONAIS PARA CONTROLE DA DOENÇA DE CHAGAS.

Concedente

Concedente: FUNDACAO NACIONAL DE SAUDE

Responsável concedente: RODRIGO SERGIO DIAS

Convenente

Convenente: MUNICIPIO DE IPU

Responsável convenente: CARLOS SERGIO RUFINO MOREIRA

Contratos

O município de Ipu - CE localiza-se na Microrregião de Ipu, distante 294,2 km da capital do Estado. Conta com uma população de 40.296 habitantes, sendo 25.581 residentes na zona urbana e 14.715 em área rural. O Município faz limite com Croatá, Guaraciaba do Norte, Hidrolândia, Ipueiras, Pires Ferreira e Reriutaba. O Índice de Desenvolvimento Humano é de 0,670, encontrando-se em 28º lugar no ranking do Ceará, segundo o Atlas de Desenvolvimento Humano (ano 2000). Sua geografia é constituída por depressões sertanejas e planalto da ibiapaba como relevo predominante caatinga arbustiva aberta, floresta caducifólia espinhosa, floresta subperenifólia tropical pluvionebular e floresta subcaducifólia tropical pluvial com principais vegetações, características ambientais propícias a presença de triatomíneos, e está incluído na área endêmica da doença de Chagas em nosso Estado. O município atualmente sofre perante as condições de moradia, principalmente no que se refere à existência de casas de taipa. O mais agravante é o alto índice de casos de Doença de Chagas, pois as estruturas precárias favorecem a proliferação de insetos, principalmente o barbeiro, transmissor da citada doença. Segundo dados retirados do sistema de informações do Programa de Controle de Doença de Chagas (PCDCh versão 2.14), o referido município encontra-se classificado epidemiologicamente como área de Médio Risco, porém com uma média muito alta de infestação domiciliar, correspondente a 11,6%. Pelo alto índice de infestação nas localidades da zona rural, a substituição das casas de taipa deve ser priorizada para a melhoria da saúde e da infraestrutura habitacional da população. Desta forma, considerando a necessidade de se adotar medidas para solucionar o problema em questão, solicitamos a IMPLANTAÇÃO DE MELHORIAS HABITACIONAIS PARA CONTROLE DA DOENÇA DE CHAGAS NO DISTRITO DE ABILIO MARTINS NOMUNICÍPIO DE IPU - CE.
   
   
Voltar    

Qual o seu nível de satisfação com essa informação?


Muito insatisfeito

Um pouco insatisfeito

Neutro

Um pouco satisfeito

Muito satisfeito